quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Livro: A Menina que Roubava Livros... LINDO!

Oi Gente...
Saudades de postar com mais frequência... mas o dia a dia anda bem corrido.

Bom, vamos aos últimos livros que li... =) apaixonada por todossssssssss.

Vocês tem percebido que ando mais OFF, ausente da internet né? É verdade... pois eu realmente tenho me dedicado mais aqui FORA a família, a minha vida pessoal, casa, trabalho, marido, filho, estudos e especialmente a LEITURA =)

Então... esse mês li uns 4 livros lindos =)
Vou fazer as resenhas para vocês por partes ok.


 TÍTULO: A menina que roubava livros.
AUTOR: Markus Zusak.
EDITORA: Intrínseca
PÁGINAS: 480.


Esse livro me chamou a atenção pela forma de ser narrado, não são só os diálogos, mas sim uma narradora mórbida, mas que ao mesmo tempo torna-se cativante, você vai ver ao ler ... A própria MORTE conta a história da menina que roubava livros e das pessoas que estão ligadas a sua trajetória.É um daqueles livros que PRENDEM a atenção do início ao fim, difícil querer largar a leitura no meio... carreguei esse livro comigo a semana toda, em todo momento livre, eu LIA ...



O livro conta a história da menina Liesel Meminger, vivida numa Alemanha nazista na época da segunda e do culto a loucura de  Hitler!
"Sabe, talvez digam que a Alemanha nazista ergueu-se sobre o antissemitismo sobre um líder meio exagerado no entusiasmo e uma nação de fanáticos cheios de ÓDIO." Pág. 76.


A vida de Liesel é marcada por mudanças desde muito cedo, filha de mãe comunista, se vê forçada a mudar de cidade e de família, onde é adotada por um casal, inicialmente muito suspeito e rude, que a recebem por dinheiro, a menina é assombrada por pesadelos pelos traumas vividos... mas acaba ganhando o carinho do pai adotivo... Em tempos que os livros eram INCENDIADOS, a menina é alfabetizada em casa, e dedica sua energia a leitura e a paixão pelas palavras... de onde começam seus "roubos"...

 " ... com as palavras distribuídas por uma sala repleta de ar frio e livros. Livros por toda parte! Cada parede era provida de estantes apinhadas, mas imaculadas. ... Havia toda sorte de estilos e letras diferentes nas lombadas dos livros, pretos, vermelhos, cinzentos, de toda cor. Era a coisa mais linda que Liesel já tinha visto. Deslumbrada ela sorriu.
A existência de uma sala daquelas!"Pag. 123.

A casa do prefeito era um dos refúgios secretos da menina, com sua "amiga" a esposa do mesmo.
A história de Liesel é linda, forte, nos faz parar para refletir sobre a crueldade de alguns e a capacidade de amar de outros... até a morte tornou-se cativa da menina... e passou a acompanhar seus passos...

Uma menina, uma vida, um amigo Judeu do qual ela não podia nunca falar nada, um porão, sonhos de menina, pesadelos com o irmão... um pai adotivo bonachão, tocador de acordeão, uma mãe adotiva ríspida, mas que dentro dela havia um coração... um amigo, companheiro de brincadeiras, pois mesmo em meio a guerra os sonhos infantis e adolescentes prevaleciam ... até enquanto podiam...

" Dormiu muito e não sonhou, e em quase todas as ocasiões lamentou acordar. Tudo desaparecia quando ela estava dormindo. ... Liesel se lembrava dos seus livros nos momentos de maior tristeza"... pag. 474.

LEITURA RECOMENDADA...
Um dos livros mais EMOCIONANTE que li nos últimos tempos... desses de me fazer chorar até numa sala de espera... =)
( sim pago desses micos quando estou lendo!)

Beijos...
até o próximo.

 

2 comentários:

  1. Muito boa a resenha Sandrinha...livro apaixonante, vamos aguardar o filme... Bjs

    ResponderExcluir
  2. eu simplesmente AMO esse livro! hihi..

    Beijão!

    ResponderExcluir